​"“A ESSP é atualmente, na área da Saúde, a maior Instituição de Ensino Superior em Portugal e é a terceira maior Escola do Instituto Politécnico do Porto - maior Instituição de Ensino Superior Politécnico em Portugal – com cerca de 2200 estudantes. Distingue-se não só pelo vasto leque de cursos que oferece, mas também pela sua dinâmica de crescimento com qualidade.Tendo em consideração a política de aproximação à comunidade, a ESSP tem uma dinâmica muito própria, realizando diferentes tipos de atividades com as mais variadas comunidades envolventes. Em todas essas atividades estão presentes os seus estudantes, conferindo um  dinamismo inovação às mesmas e, em simultâneo, estas atividades proporcionam momentos de ensino-aprendizagem únicos em contextos reais. Ao nível técnico-científico a ESSP desenvolve diversas atividades no âmbito da formação, investigação, ocorrendo, regularmente, seminários, workshops, cursos breves, jornadas, simpósios, congressos, tendo como convidados palestrantes individualidades de reconhecido mérito. Através da sua Unidade Móvel de Saúde/Clínica Pedagógica, a ESSP presta atividades à comunidade circundante (ex: Escolas, Lares de Idosos, IPSS, espaços na cidade, entre outros), incluindo rastreios, atividades e ações de sensibilização no âmbito da educação para a saúde.” - site ESSP."

Apresentação da escola pelos representantes


ESS Porto

Mariana Gonçalves Fernandes

marianagonfernandes@gmail.com


Idade: 19 anos
Naturalidade: Porto

Ano da Primeira Matrícula: 2014/2015




Mensagem para a comunidade:

Como estudante de Fisioterapia cada vez mais me apercebo do papel importantíssimo que esta tem nas vidas das pessoas, do papel que representamos na vida delas e a influência que temos. Em como podemos mudar o caminho e motivar alguém, do modo como as podemos afetar pela positiva.

Uma profissão destas merece reconhecimento e foi isso que me incitou a fazer parte deste movimento. O MJF representa não só estudantes de todo o país como também jovens Fisioterapeutas e juntos, passo a passo, poderemos tornar este rumo profissional melhor e mais unido, mais divulgado e mais debatido, bem como o próprio ensino, divulgando temáticas que quem inicia o seu percurso académico na Fisioterapia pouco conhece e tentando torná-los mais proativos e informados.


© 2018 GIMJF || Grupo de Interesse - Movimento Jovem na Fisioterapia