© 2018 GIMJF || Grupo de Interesse - Movimento Jovem na Fisioterapia

 

FÓRUM DO JOVEM NA FISIOTERAPIA 2015 - DOCUMENTO SINTESE

O Fórum do Jovem na Fisioterapia 2015 (FJF), organizado pelo Movimento Nacional de Estudantes de Fisioterapia e Jovens Fisioterapeutas (MJF), decorreu no fim-de-semana de 5 e 6 de Setembro de 2015 no Instituto Universitário Justiça e Paz em Coimbra.

O evento contou com a presença de cerca de 30 participantes (estudantes e jovens fisioterapeutas), distribuídos por 8 instituições de ensino superior nacionais. O objectivo do FJF passou pelo debate e discussão de temas paralelos ao conteúdo curricular dos programas básicos da Fisioterapia, fortalecendo o espírito crítico dos estudantes e jovens fisioterapeutas. Foi um evento organizado por sessões com diferentes temáticas, centralizando o debate e discussão. Para os variados temas abordados, foram convidados oradores adequados para o seu esclarecimento.


Tema 1: Descobrir a fisioterapia em Portugal

A primeira sessão do FJF contou com a presença da Presidente da Associação Portuguesa de Fisioterapeutas (APF), Fisioterapeuta Isabel Souza Guerra, que apresentou a história da fisioterapia em Portugal, relatando paralelamente a evolução da APF, desde o momento da sua criação. Concluiu a sua apresentação abordando a situação actual da APF e missão/tarefas futuras a desenvolver pela entidade e pela comunidade da fisioterapia em geral. Seguiu se o momento de debate e questões. A intervenção do MJF resultou por intermédio do jovem fisioterapeuta Nuno Pina que esquematizou a sua intervenção abordando tópicos como: terapêuticas não convencionais (impacto, processo de acreditação e posição da APF), auto-regulação da profissão (APF e ordem dos fisioterapeutas), modelo de ensino (mestrado integrado/continuado, doutoramento, etc.) e estrutura da rede de ensino da fisioterapia em Portugal (sistema binário do ensino superior, redistribuição das instituições de ensino superior públicas e privadas, etc.). A sessão prosseguiu com debate e discussão dos tópicos supratranscritos.


Tema 2: O ensino da Fisioterapia em Portugal - o ponto de vista do aluno

O tema iniciou com a apresentação de 6 escolas (Escola Superior de Saúde de Leiria pelas estudantes Catarina Agrela e Sara Pedro, Instituto Piaget de Gaia pelo coordenador de curso de fisioterapia Dr. José Luís Sousa, Escola Superior de Saúde do Alcoitão pelos estudantes Tatiana Ricardo e Flávio Fonseca, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra pelo estudante Tiago Penacho, Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro pelos estudantes André Bento e Mário Duarte e Escola Superior de Saúde de Setúbal pelas estudantes Rita Oliveira e Raquel Guerreiro). A sessão contou ainda com a presença da coordenadora de curso de fisioterapia da Escola Superior de Saúde de Leiria, Dra. Sandra Amado. As apresentações abordavam vários tópicos, tais como: caracterização da escola, plano curricular, estágios, aprendizagem extracurricular, internacionalização, relacionamentos interpessoais e projectos investigacionais. Após realizadas as apresentações de cada escola presente houve lugar para colocação de questões e dúvidas pelos participantes do FJF, bem como a partilha de opiniões pessoais e apresentação de soluções/ideias. A temática permitiu ainda explicitar e promover a realidade das diferentes escolas, permitindo a reflexão das maisvalias, oportunidades e aspectos a melhorar.


Tema 3: A entrada no mercado de trabalho (Pasta do Jovem Fisioterapeuta)

A Pasta do Jovem Fisioterapeuta foi a primeira apresentação a ser realizada, pelo fisioterapeuta João Moreira, antigo Coordenador do grupo FisioJovem da APF. Estiveram presentes na sessão ainda os fisioterapeutas e também exmembros do grupo FisioJovem Maria João Bigode e Hugo Mendes que enriqueceram o debate com a sua partilha e experiência. Foram contemplados os passos a ter aquando da entrada no mercado de trabalho e na profissão, seguros, impostos e segurança social mas também os tópicos jovem empreendedor e emigração. Durante esta apresentação foram sempre distinguidas as diferenças de trabalhar por conta de outrem ou por conta própria. Na sala estavam também presentes dois outros jovens fisioterapeutas O momento seguinte contou com a presença do contabilista Nélio Oliveira que de uma forma breve e inserida na nossa profissão e área da saúde promoveu um momento de esclarecimento de dúvidas fiscais e contabilísticas, através da sua apresentação sustentada por vários artigos e leis.


Tema 4: Discussão sobre a Fisioterapia Jovem

O último tema deste Fórum, foi introduzido por três apresentações relativamente a eventos futuros e demais órgãos nacionais e internacionais: International Physioterapy Students Meeting 2016 (IPSM 2016) pela estudante Tatiana Ricardo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão, Encontro Nacional de Estudantes de Fisioterapia 2016 (ENEFt 2016) pela estudante Carla Faria da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, o trabalho desenvolvido na European Confederation for Physical Therapy Students (ECPTS) e o European Summer Physiotherapy Exchange Program (ESPEP) pelo jovem fisioterapeuta Lucas Brink. Todas as apresentações tiveram como principal objectivo dar a conhecer as experiências mencionadas bem como motivar e incentivar à sua participação. Foram trocadas ideias importantes no seio do fórum que objectivaram a optimização dos eventos apresentados e trabalho desenvolvido pelas organizações internacionais. Para finalizar o evento, foi abordado por intermédio do jovem fisioterapeuta Nuno Pina a importância e responsabilidade do associativismo jovem na fisioterapia, referida a origem, ideologia e plano estratégico do MJF, tendo sido entregue um documento de orientação sobre o associativismo local com identificação das necessidades bem como dos objectivos gerais para as escolas que leccionam fisioterapia em Portugal.


Num futuro próximo, sem data ainda marcada, o MJF pretende organizar um novo momento de debate e partilha, com objectivos semelhantes mas com diferentes temas que necessitam ser abordados entre a comunidade jovem da Fisioterapia. Movimento Jovem na Fisioterapia​